A Missiva de Astérix

Redes sociais

Para as crianças

Início >> Galeria >> Exposições virtuais >> Os arquivos secretos de Albert Uderzo

Os arquivos secretos de Albert Uderzo

Atualmente, as aventuras de Astérix o Gaulês contam com 34 álbuns, ou seja mais de 1500 pranchas escritas e desenhadas pelos seus célebres autores René Goscinny e Albert Uderzo.

Mil e quinhentas pranchas representam um trabalho vastíssimo realizado desde o outono de 1959! Para não falar dos festivais, eventos, campanhas de comunicação, licenças, filmes etc... para os quais foi necessário realizar desenhos originais.

Albert Uderzo, o autor vivo de Astérix, (o seu cúmplice desapareceu há 34 anos), é um trabalhador incansável, como irão verificar ao conhecerem esta exposição que reúne, no essencial, uma parte do seu trabalho realizado à margem dos álbuns.

É a confirmação de um excecional talento de gráfico, que os seus leitores facilmente reconhecerão e é, sobretudo, a oportunidade de descobrir obras que não poderão ver ou rever frequentemente, na medida em que estes trabalhos se destinam, na sua maioria, a operações específicas e pontuais.


Desde 1959 que Astérix se tornou um fenómeno que ultrapassou largamente o âmbito da sua arte, participando em muitas ações na cidade. Astérix é um símbolo que sintetiza muitas das nossas esperanças, muitos dos nossos profundos desejos; as suas reações perante a adversidade são aquelas que cada um de nós gostaria de ter. Assim, o autor é bastante solicitado.
Nascido em meados do século XX, Astérix e a sua aldeia tornaram-se indiscutivelmente elementos do nosso património cultural e a sua "filosofia" parece constituir uma resposta aos dias vindouros.

A exposição na qual vão entrar é construída à volta dos bastidores do trabalho de Albert Uderzo e permitirá que as crianças dos 2 aos 100 anos verifiquem que o pequeno gaulês é, ainda e sempre, o seu cúmplice mais fiel.

>> Iniciar a visita

Valid XHTML 1.0 Transitional